O que está acontecendo?

by - 12:10


sadness_is_my_single_fortune___oil_painting_by_borda-d5tcbt5
A cada tenho visto mais reportagens e matérias sobre alguém matando crianças e adolescentes nas escolas.
Muitos os classificam como, frios, cruéis e monstros e sabe o que me assusta? é entender exatamente como e por que eles chegaram a esse extremo.
Bullying é algo que muitas crianças sofrem e poucos entendem, muitos acham que é exagero, que tudo não passa de brincadeira de crianças.
Nos Estados Unidos a coisa é bem pior, lá você é definido por grupos;
Líder de torcida, Jogador de Futebol, Nerd e se você não se encaixar em algum grupo começa a sofrer humilhações diárias, violência psicológica e física em alguns casos.
Aqui no Brasil é diferente mas não melhor.
O que isso faz na cabeça de uma pessoa? de uma criança?
O que violências diárias fazem com nosso corpo e mente?
Eu respondo, eu já sofri isso, sempre fui tímida e por isso me perseguiam,meninos e meninas, chegaram a me bater, me beliscavam mas o pior era a violência psicológica que sofria diariamente e o pior de tudo e que acontece ainda hoje;
Ao pedir ajuda de professor, me tiravam da sala, quando falava com diretor dizia que faria algo e não fazia nada.
E ai acontece que você se sente sozinha, impotente, e sem saída .
E falar com os pais, bem, eu me lembro de ter falado mas eles dizem que nunca falei nada, pode acontecer de eu ter pensado falar mas não falei nada afinal em tais casos os pais são os últimos a saber, temos medo, vergonha e não sabemos como falar e afinal, somos crianças, adolescentes.
Aqui no Brasil é diferente mas, as vezes me parece ser tão cruel quanto.
Também tivemos casos parecidos por aqui que nos chocaram e deixaram tristes.

ASSASSINATO DAS 12 CRIANÇAS NA ESCOLA TASSO DA SILVEIRA
Esse é um exemplo apenas.
Lá fora a vida acadêmica pode ser ainda pior e cruel.
O que esses jovens passam, como a cabeça deles fica é algo que talvez poucos possam imaginar ou sequer entender ou saber.
Essas pessoas são descritas como:
Calmas, tranquilas, caladas e tímidas, não falam muito mas são gentis, normais.
Pessoas tímidas como eu, não falam muito, seu mundo parece ser pequeno, não conseguimos falar, tentamos, gritamos por dentro mas ninguém ouve, ninguém liga de verdade.
Não costumam falar e quando falam não sou ouvidas, são caladas, são mandadas a ficar quietas.
Tem poucos amigos, timidez é algo que afasta as pessoas pois elas não entendem que timidez é um traço de personalidade, uma maneira de ser, não é defeito ou desvio de personalidade.
Sem ninguém para ajudar ou ouvir, vão sofrendo cada vez mais agressões e humilhações as vezes, muitas vezes até mesmo da família.
Alguns pais os botam em terapia, mas quando o filho chega em casa vem aquela enxurrada de cobranças e brigas e mais brigas, o ambiente familiar também ajuda nesses casos.
Eles vão ficando a cada dia com mais raiva, mais revoltados, tristes e sem saída, em sua cabeça eles pensam não ter saída, pensam não ter outra forma que não seja aquela e eles buscam a vingança.
Sim, eu já quis me vingar, fazer com que pagassem pelo que fizeram comigo, sofressem tudo o que me fizeram sofrer, já pensei em coisas que não falamos em voz alta e temos vergonha até mesmo de pensar, não sou santa.
Mas o que diferencia de quem parte para a vingança de quem não o faz?
São problemas psicológicos, alguns aguentam e superam outros não conseguem, perdem sua vida e como única forma de acabar com o sofrimento partem para a vingança.
Eles não são monstros, não são frios e nem cruéis, eles eram bombas relógio prestes a explodir, pediram ajuda, pediram socorro mas ninguém ouviu, ninguém quis ouvir e aconteceu o pior.
Se você acha que eles são frios, como alguém frio, um monstro após matar várias pessoas sentiria culpa e se mataria em seguida?
Eles não apenas matam mas se matam após terem realizado sua vingança.
Por muitas vezes eu sinto raiva, ódio mesmo, sentimentos nada nobres, as vezes fazer a coisa errada é tentador e não ter ninguém para te ouvir, ou te ajudar colabora, você sente que não tem pra onde ir, que não tem o que fazer.
Somos seres humanos, capazes das coisas mais incríveis e belas e de grandes surpresas mas somos também capazes de cometer atos horrendos e cruéis que muitos acreditam ser atos de pura maldade.
A você que lê pode parecer bobagem, pode estar balançando a cabeça e dizer que estou errada ou até quem sabe, pode concordar mas, o que vai fazer? o que vai fazer para mudar esta situação?
Pode parecer piegas mas essa é a única verdade que eu conheço.
O mundo está assim, vemos a violência crescendo dia após dia, pessoas matando crianças, homens pondo fogo em pessoas vivas, gente sendo torturada, pessoas morrendo por um bilhete único, um par de tênis, isso tudo, por pura e simplesmente falta de amor.
É simples assim, falta de amor, o mundo esta carente desse sentimento, o mundo precisa de amor, as pessoas precisam desesperadamente de amor, de pessoas que acreditem nelas de verdade, que as incentivem, ajudem, apoiem  e é isso de verdade, essa é a verdade que ninguém quer ver.
Alguns já viram isso, ajudaram pessoas que ninguém jamais ajudaria e mudou essas pessoas que chamamos de monstros, que muitos querem esquecer dentro de uma cela lotada como se eles jamais tivessem existido, como se não fossem seres humanos.
Eu sei dentro de mim que se alguém me estuprasse, cometesse um ato de violência contra minha família eu iria ficar com muito ódio mas, depois, mais tarde, eu iria buscar perdoar, penso que deve ser assim, penso que é o certo para nossa alma e coração.
As pessoas acreditam que seja certo trancar essas pessoas numa cadeia e as esquecer, acreditam que o normal seja ter ódio e elas guardam esse ódio por toda a vida, envenenam sua alma e coração com um sentimento que vai fazer tão mal para elas quanto para quem o cometeu, do outro lado, essas pessoas aprendem a ter mais raiva, mais ódio de uma sociedade que não os reconhece como ser humanos, como pessoas que merecem ter uma vida digna, alguns nascem e crescem já aprendendo a ter esse ódio dentro de si.
Outros sofrem nas mãos de pessoas que não entendem sua maneira de ser, o seu jeito tímido e as perseguem, humilham toda uma vida.
Pense bem,
O que de fato diferencia uma pessoa que persegue outra toda uma vida, humilha, trata mal, as vezes machuca fisicamente de outra que assalta, mata e estupra?
Ambas cometem violência, ambas causam dor a vitima, ambas acabam com a vida do outro apenas de forma diferentes.
E você que, quando não gosta do que alguém fala ou simplesmente não simpatiza com alguém que, simpatizou com você, quer falar com você e você simplesmente ignora, rejeita sem nem ao menos conhecer? será que sabe o efeito que tem sobre a pessoa? será que entende e sente algo ao saber que você causou dor e sofrimento a pessoa?
Será que liga se machucou outra pessoa? se deixou alguém triste? se fez alguém chorar?
Você liga? você se importa?
E se importa, por que a ignora e rejeita?
A maioria hoje em dia tem feito isso com as pessoas e as vezes sem perceber, a internet tem mais afastado do que aproximado as pessoas.
As pessoas estão mais frias, mais egoístas e se importam menos com o próximo.
E então vemos o noticiário alguém que pegou uma faca e esfaqueou 20 alunos de uma escola e você pensa;
“Ele é um monstro”.
Quem foi monstro primeiro?
Quanto de dor alguém pode suportar até explodir e cometer tal ato? Você sabe? ou nem sequer entende?
O mundo e as pessoas sofrem de falta de amor e enquanto isso não for sanado as coisas tendem a piorar e veremos ainda mais mortes e violência pelo mundo todo.
Enquanto houver pessoas que não se importem com o próximo, enquanto houver falta de amor haverá crimes, dor, violência e ódio.
É simples mesmo, as pessoas é que gostam de complicar tudo, imaginar coisas mirabolantes, fatos, supostas causas, tudo para não enxergar o obvio, o que está bem a sua frente mas se recusa a ver, é mais fácil odiar, ignorar do que dar amor essa é a verdade.
Não meus amigos, não é fácil dar amor, não é fácil amar mas esse é o X da questão, essa é a resposta a equação e é isso que nos falta, amor.

You May Also Like

17 comentários

  1. Não dar para entender como o governo prioriza a construção de estádios enquanto muitas crianças sofrem agressões onde os agressores continuam soltos por falta de autoridade... Mas infelizmente esse é o país que vivemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana,
      A questão é, prender não funciona, aqui no Brasil as penitenciarias estão super lotadas e os presos ficam mais revoltados e com mais raiva e quando saem de lá se tornam mais cruéis.
      Ninguém da chance a eles, ninguém ajuda, a questão é, eles são seres humanos como nós, é errado deixar eles numa cadeia e esquecer que eles existem.
      Falta é amor isso sim que tem faltado e muito.

      Excluir
  2. Concordo, mas, se eles são humanos pq eles têm a coragem de fazer uma maldade com alguém indefeso?

    Claro que a sociedade não deve esquecê-los até pq estaríamos cometendo uma injustiça. Mas, não sei uma pessoa dessas que é capaz de matar uma criança, imagina oque ela é capaz de fazer para outras pessoas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que todos nós temos essa capacidade dentro de nós, todos já tivemos pensamentos ruins, desejamos mal a alguém mesmo que inconscientemente.
      Essas pessoas tem problemas mentais, tem uma completa e total falta de amor, ninguém nunca deu uma oportunidade a eles, ninguém nunca acreditou neles, ninguém nunca lhes deu amor.
      E ainda muitos crescem vendo bandidos se dar bem enquanto quem tenta conseguir um emprego honestamente volta sem nada por que mora na favela e o preconceito existe e é forte infelizmente, dai desde pequenos eles querem ser bandidos achando que só assim serão alguém na vida.
      Eu sei que dificilmente eu conseguiria perdoar alguém que fizesse um mal a minha família mas sinceramente, eu esperaria que se isso acontecesse eu fosse capaz de perdoar por que isso faria bem a mim e quem fez o mal.
      A natureza humana não é pacifica, ao contrario, dentro de nós mora um monstro pronto a sair e é amor que muda isso, que nos transforma e, enquanto as pessoas não entenderem isso ainda haverá violência no mundo.

      Excluir
  3. Nossa, valeu, agora eu mudei meu jeito de pensar. Acho que todos tem oportunidade de mudar e de provar que mudou. Obrigada. Você me ajudou muito, percebi que estava sendo injusta e vc me ajudou a comprovar isso. Por isso que eu gosto do seu blog, pois, você só transmite mensagens construtivas...

    PARABÉNS!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Ana, que bom que te ajudei, que bom que gosta do meu blog...
      Fiquei muito feliz agora, sério.
      E não, não estava sendo injusta, simplesmente a grande maioria ainda não percebeu isso, a maioria está tão cheio com seus problemas e vê tanta coisa ruim na tv que se revoltam simplesmente e não percebem o óbvio, antes eu tinha minhas duvidas mas depois de ler e ver vários exemplos e de ficar olhando e vendo o rosto dessas pessoas, como eles agiam e de como quando alguém acredita neles eles mudam, dai eu eu vi que sim, é simples e ao mesmo tempo difícil mas é pura e simplesmente falta de amor só isso.
      Que bom que ajudei Ana, fiquei feliz mesmo.
      Abraço grandeeeeee
      Bjs mil

      Excluir
  4. Ai fer, é muito triste tudo isso que acontece. E concordo com você quando diz que pessoas que tem atitudes violentes, geralmente foram violentadas (de alguma forma). Também acho que falta amor... "amar ao próximo como a si mesmo" como dizia o profeta. Eu não sigo nenhuma religião e sempre achei que os 10 mandamentos eram tão óbvios que nem precisavam ser ditos... mas as vezes temos que avaliar nossos conceitos e modo de vida.

    Falta mesmo muito amor! E amor gera amor --> Gentileza gera gentileza --> boas ações geram boas ações. Mas é com a mudança nas nossas atitudes que podemos mudar as atitudes de todos. Aqui em casa sempre lembro meu filho que ele deve fazer ao próximo o que gostaria que fizessem pra ele (e, principalmente, o contrário: não deve fazer ao próximo o que ele não quer que façam com ele)... Já não sei quantas vezes chorei pensando no que esse mundo vai fazer com meu filho... mas agora estou mudando o pensamento (aos poucos... e ainda choro com a primeira questão), e penso, o que meu filho vai fazer com o mundo. E espero que ele e o mundo consigam caminhar juntos. E eu espero o mesmo de mim. Sempre.

    Beijos,
    Fran

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fran,
      Não precisa se preocupar, quando damos amor a alguém essa pessoa fica forte, bem e protegida, eu ainda fico impressionada do que o amor é capaz, é incrível sabe.
      Eu costumo falar que tive muita sorte mesmo, por que, quando era criança eu soube o que era o amor de verdade sabe, aquele puro que não exige nada, por que conheci alguém que era um sol entende, o sorriso dele iluminava tudo trazia algo tão grande que não sei nem explicar, vou dizer, eu antes nem acreditava em alma gêmea achava bobagem mas depois que o conheci e li um livro(era Wicca só pra constar) dai eu percebi que eu o encontrei, que era ele, e ele me mudou, minha família não é do tipo que demonstra amor, eu mesma não sei demonstrar afeto e carinho e sofro com isso claro mas mesmo assim ao conhecer ele eu senti algo maravilhoso e eu era uma criança entende, depois ele foi embora e foi como que arrancar um pedaço meu, acho que nunca experimentei uma dor como aquela mas depois eu melhorei.
      Um dia eu sonhei com ele e quando acordei não lembrei bem do sonho mas sabia que eu vi ele, sabia que eu estive com ele pois senti isso sabe, sabe quando você acorda feliz, se sentindo diferente? não explicar, só sei que hoje estou mais tranquila sabendo que um dia o verei de novo não importa como nem onde...
      Eu também não sou muito de religião mas sabe, o mandamento de Jesus "Amai-vos uns aos outros" é o que mais ficou em mim e quando eu li não sei onde que na verdade quase ninguém até hoje entendeu esse ensinamento dele e é por isso que o mundo está como está, após isso comecei a reparar, ver, olhar sabe e vi que é verdade e pensei: Nossa, como a falta de amor pode fazer alguém ser ruim assim?
      Sabe Fran, eu percebi que o amor na verdade é o que move tudo, é um sentimento vivo, é algo incrível que ainda não entendemos bem mas que quando o sentimos de verdade ele te transforma, te muda e é só através dele que alcançamos a felicidade, temos alegria, prazer em algo e a falta dele pode machucar tanto quem sente essa falta quanto outros que são inocentes até, acho que essas coisas tem acontecido para tentar nos mostrar o quanto o mundo precisa de amor, o quanto no fundo todos clamam por esse sentimento, o quanto o buscamos...
      Enfim, desculpa o livro, me empolgo já vu né rsss
      Seu filho vai estar bem, você está dando o principal pra ele e isso é o que importa, fazendo isso, ele vai ficar bem acredite.

      Excluir
  5. Só falei a verdade :D... E de nada... olha visita meu blog? não está perfeito como o teu mais tô no caminho e eu te segui no twitter ficaria muito feliz se vc retribuísse o link do blog é esse: memoriasao-vento.blogspot.com.br


    BEIJOKAS, KAROL :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina, visito sim, meu blog ainda está longeee da perfeição, sou chata eheheheeee
      Bjs mil e volte sempre
      Me aguarde por lá ein

      Excluir
  6. OK, um dia desses eu indico teu blog... BEIJOKAS

    ResponderExcluir
  7. Prontoo fiz uma pequena homenagem a vc

    beikos, karol

    memoriasao-vento.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ana, eu já vi e respondi por lá.
      Obrigada pelo carinho de verdade.
      Beijocas e volte sempreee

      Excluir
  8. Eu entendo bem o que é sofrer bullying,eu na verdade sofri isso desde quando sou bem criancinha...no meu ambiente escolar e na rua onde eu moro.Sempre fui muito tímida,reservada e pequena demais perto das crianças da minha idade e por esse fato sofri bullying a minha infância e adolescência inteira,foi muito difícil para mim...quando completei 18 anos foi a pior época da minha vida,me sentia inútil,vazia,uma pessoa ruim sabe? Eu me culpava pelas coisas ruins,por não ter amigos,por não ter namorado,por não ter nada...me sentia feia,horrorosa me via como uma coisa suja.
    Mas depois que criei o meu blog e comecei a me expressar e ver que eu não era tão ruim assim percebi que devo me amar e que ser tímida e reservada não é nenhum defeito que nao ter mil amigos não é defeito que não ter namorado também não é defeito.
    Eu entendo o seu ponto de vista descrito no texto e sinto o mesmo que você,ás vezes quando estamos com raiva pensamos coisas horrorosas mesmo,cabe a cada um buscar o amor,porque o amor é a única revolução verdadeira.
    Falta de amor faz o ser humano cometer loucuras.
    http://vinteanoos.blogspot.com.br
    xx
    Ps.:Me emocionei demais respondendo a esse texto e parabéns,porque é muito difícil eu me expressar e falar sobre isso,emocionei mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, nem leia então o post que falo sobre o Bullying rsss
      Que bom que gostou do texto Carol, é um desses raros momentos que estou inspirada.
      É, eu sei como é isso, mas o que posso te dizer é, existe um limite para tímidez e hoje eu entendo isso, sou timida mas nem tanto então o problema não está na timidez, faça teatro, isso vai ajudar com certeza, se eu tivesse aceito o convite de fazer teatro na escola quando me convidaram, eu teria sido mais feliz e melhor hoje então, vai por mim, faça teatro.
      Eu também me senti muitas vezes assim, é ruim, triste e pior, poucos entendem, eu também me culpei muitas vezes mas enfim, tudo foi melhorando, conheci pessoas maravilhosas e realmente o blog ajuda e tem as comunidades do Facebook também tem me ajudado.
      Fiquei feliz que tenha falado sobre isso aqui e que eu tenha ajudado,
      Qualquer coisa é só falar, só gritar, pode chamar viu.
      Abraço grande Carol
      Beijocas e volte sempre

      Excluir
  9. Isso é total verdade, o bom dos seres humanos é só faixada, por dentro todos nós somos sujos, egoístas e ruins, mas o amor muda isso se nós deixarmos....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Ayla,
      O amor muda tudo se nós deixarmos.
      Beijo grande e bom final de semana

      Excluir

Sua opinião é muito importante para mim,
Comente, discuta,converse, a casa é sua.
Obrigada e volte sempre que quiser.